PRÉVIA (n.t.) 17º

Céu, vento, estrelas e poesia | 하늘과 바람과 별과 시
Yun Dong-ju

O texto: Seleção com cinco poemas da coletânea Céu, vento, estrelas e poesia, que reflete os elementos da natureza constantes na obra de Yun Dong-ju. Os temas principais são a resistência contra o sofrimento humano e a angústia causada por suas falhas morais contrastadas com a pureza do mundo natural. O nacionalismo coreano e a resistência à colonização japonesa também podem ser percebidos nas composições, em variados graus de sutileza.
Texto traduzido: 윤동주. 하늘과 바람과 별과 시. 서울시: 더클래식, 2016.

O autor: Yun Dong-ju (1917-1945), poeta coreano, nasceu na vila chinesa de Longjin, na Manchúria. Formou-se em Artes Liberais em Seul, na Coreia do Sul, e mudou-se para o Japão em 1942 para cursar Língua Inglesa. Em 1943, após ser detido por suspeita de crime ideológico, foi condenado a dois anos de prisão por participar do movimento de independência coreano. Morreu encarcerado em Fukuoka, aos 27 anos, por razões desconhecidas, ou, conforme se especula, por tortura ou experiências científicas. Em vida, sua poesia não foi reconhecida e não publicou nenhum livro. Em 1948, foi lançada postumamente Céu, vento, estrelas e Poesia (하늘과 바람과 별과 시), coletânea que reúne a maior parte de seus poemas.

A tradutora: Carolina de Mello Guimarães é mestranda em Estudos da Tradução pela Universidade de São Paulo, licenciada em Letras Português/Inglês pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná e professora de Língua Inglesa.



☞ DONG-JU, Yun. Céu, vento, estrelas e poesia | 하늘과 바람과 별과 시.
Tradª Carolina de Mello Guimarães. (n.t.), n. 17, v. 2, dez. 2018, pp. 09-19.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141