PRÉVIA (n.t.) 11º

Do gênio | Du génie
Victor Hugo

O texto: “Do gênio”, de Victor Hugo, integra as Proses Philosophiques des années 1860-1865, que reúne os escritos paralelos às obras Les Misérables, Les Travailleurs de la Mer e William Shakespeare. A coletânea apresenta a continuidade e a convergência das meditações do autor no curso de suas três fases de escrita, além de uma reflexão sobre os modos de acesso ao real proposto pela literatura. É uma suma do pensamento e da filosofia hugoana. No ensaio, temos uma das definições do que vem a ser um gênio, alguém grande e representante divino.
Texto traduzido: Hugo, V. “Du génie”. In: Proses Philosophiques des Années 1860-1865. Oeuvres complètes. Tome de Critique. Paris: Robert Laffont, 1985.

O autor: Victor Hugo (1802-1885) foi, entre tantas coisas, escritor, político, desenhista, dramaturgo e teórico. Tem como obras mundialmente conhecidas Les Misérables e Notre-Dame de Paris. Foi um grande defensor dos direitos humanos e um dos grandes nomes no debate sobre os direitos autorais. Sua obra inclui romances, poemas, ensaios, peças de teatro, discursos políticos, totalizando mais 18 mil páginas, além de um grande acervo de desenhos e pinturas. É um dos autores mais adaptados atualmente para o cinema, teatro, televisão, HQs, dentre outras artes.

O tradutor: Dennys da Silva Reis é graduado em Letras-Tradução e Língua e Literatura Francesa pela Universidade de Brasília. Fez mestrado em Estudos de Tradução e atualmente é doutorando em Literatura na mesma universidade. Tem artigos e capítulos de livros publicados sobre tradução literária, tradução intersemiótica e sobre a obra do escritor Victor Hugo.



☞ HUGO, Victor. Do gênio | Du génie.
Trad. Dennys da Silva Reis. (n.t.), n. 11, v. 2, dez. 2015, pp. 336-346.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141