PRÉVIA (n.t.) 8º

Alguns breves poemas | Yrkingasavn
Tóroddur Poulsen

O texto: Seleção de poemas de Tóroddur Poulsen escritos em feroês, ou feroico (føroyskt), o idioma oficial do arquipélago das Feroés, nação autônoma integrante do Reino da Dinamarca, mas, diferentemente dessa, não fazem parte da União Europeia. O feroês forma, ao lado do islandês e do norn (língua morta antigamente falada nos arquipélagos vizinhos das Órcadas e da Shetlândia), o ramo das línguas nórdicas insulares originadas a partir do nórdico antigo, cujo outro ramo é o das línguas escandinavas (ou seja, o dinamarquês, o noruguês e o sueco).
Texto traduzido: poemas selecionados a partir dos livros Steinsetingar (2008), Heimvitisferðin (2012), Avbyrgingar (2012) e Einglasuð (2013), e do blogue do autor: bloggoddur.blogspot.com

O autor: Tóroddur Poulsen nasceu em 1957, em Tórshavn, capital do arquipélago das Feroés, onde se criou. Reside atualmente em Copenhague. Desde 1984, publicou vinte livros de poemas em diversos estilos, ora prosaico ora telegráfico, e por vezes haicaico. Seus poemas envolvem temas como as contradições e a moral conturbada do mundo contemporâneo, e também as vivências interiorizadas pelo autor, comumente descritas de forma um tanto cômica, mas sempre com muita criatividade e sensibilidade. Recebeu o Prêmio Ferôes de Literatura M.A. Jacobsen em 1992, além de ter sido indicado ao Prêmio de Literatura do Conselho Nórdico em duas oportunidades (1996 e 2002).

O tradutor: Luciano Dutra (1973) é bacharel em letras islandesas e estudos de tradução pela Universidade da Islândia e tradutor juramentado islandês-português. Já traduziu Anjos do Universo (Hedra), de Einar Már Guðmundsson, e A Raposa Sombria (Hedra), de Sjón, a novela policial sueca Springfloden (Rocco, no prelo), de Cilla e Rolf Börjlind, e livros infantis do islandês, norueguês e sueco. Além de literatura islandesa contemporânea, traduz as sagas, obras únicas de prosa de ficção compiladas na Idade Média por autores anônimos da Islândia e que influenciaram escritores modernos tão diversos quanto Borges, Tolkien, entre outros. Para a (n.t.) já traduziu Sigurður Nordal e Peter Nansen.



☞ POULSEN, Tóroddur. Alguns breves poemas | Yrkingasavn.
Trad. Luciano Dutra. (n.t.), n. 8, v. 1, mar. 2014, pp. 30-90.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141