PRÉVIA (n.t.) 5º

Contos | Racconti
Tommaso Landolfi

O texto: O livro La Spada é a terceira coleção de contos publicada por Tommaso Landolfi, em 1942 (Vallecchi), com uma nova edição, em 1944. Os contos depois foram inseridos no livro Racconti, em 1961 (Vallecchi). Nos dois contos, aqui traduzidos, “A história do piolho” e “Carta de um romântico sobre o jogo” há uma espécie de reflexão sobre o sentido do fim, da perda e da morte. O primeiro deles, “A história do piolho”, traz uma marca forte das pequenas narrativas de Kafka, escritor muito admirado por Landolfi: o piolho se faz presente em seu exílio (na profundidade do mundo escuro), mas o exílio aí é sempre em direção ao outro e o espaço que se abre para ele é o da impossibilidade de morrer. Já o conto “Carta de um romântico sobre o jogo” insere o leitor dentro do universo lúdico e sacrifical do jogo, em que todo sujeito é obrigado a experimentar uma nova possibilidade de existência a cada fim de partida, sendo necessário um recomeço.
Texto traduzido: Landolfi, Tommaso. “Lettera di un romantico sul gioco” e “Il racconto della piattola”. In. La Spada. Milano: Adelphi, p. 28-34; p. 131, 2001.

O autor: Tommaso Landolfi nasceu em Pico, na província de Frosinone, em 1908. Formou-se em língua e literatura russa na Universidade de Florença, com tese sobre a poeta Anna Akhmatova. Viveu também em Roma, Veneza e Sanremo, onde costumava frequentar os cassinos. Colaborou para as revistas Letteratura, Campo di Marte, Oggi, Il Mondo; escreveu para o Corriere della Sera. Por causa de uma doença cardíaca, faleceu em julho de 1979, acometido por um enfisema pulmonar. Entre as suas obras, podemos citar Dialogo dei massimi sistemi (1937), La Spada (1942), Ombre (1954), Viola di morte (1972), Il Tradimento (1977). Foi também tradutor de vários escritores russos, como Gógol, Turgêniev, Dostoiévski, Leskov, Tchecov e Tolstói.

O tradutor: Davi Pessoa Carneiro é autor de Terceira Margem: Testemunha, Tradução (Editora da Casa, 2008). Traduziu de Luigi Pirandello, pela Lumme Editor, A razão dos outros e Ou de um ou de nenhum (2009); e pela Edufsc, Georges Bataille: filósofo (2010), de Franco Rella e Susanna Mati, Desgostos (2010) e Ligação Direta (2011), ambos de Mario Perniola. Faz atualmente doutorado em Literatura (UFSC), com pesquisa sobre Elsa Morante e Macedonio Fernández. Edita o blog: traduzirfantasmas.wordpress.com. Para a (n.t.) já traduziu Pró ou contra a bomba atômica, de Elsa Morante, e O vazio do poder na Itália, de Pasolini.



☞ LANDOLFI, Tommaso. Contos | Racconti.
Trad. Davi Pessoa Carneiro. (n.t.), n. 5, v. 2, set. 2012, pp. 325-335.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141