PRÉVIA (n.t.) 15º

Líricas | Λυρικὰ
Safo

O texto: A poesia de Safo foi escrita para ser cantada ao som da lira. A maior parte de sua extensa lírica se perdeu e o pouco que resistiu ao passo do tempo está em forma de fragmento. É uma das primeiras a adotar o “eu lírico” na poesia grega, e seus versos são notórios por apresentar uma linguagem clara, através de ideias simples e imagens nítidas. Esta breve seleção apresentra oito poemas extraídos da célebre tradução de Joaquim Brasil Fontes Júnior, Variações sobre a lírica de Safo, publicada pela editora paulista Estação Liberdade, em 1992.
Textos consultados: Safo. Variações sobre a lírica de Safo: texto grego e variações livres. Trad. de Joaquim Brasil Fontes. São Paulo: Estação Liberdade, 1992, pp. 45, 75, 91, 135, 141 e 149; Lyra Graeca. Vol. II. Translated by John Maxwell Edmonds. London/New York: William Heinemann/ G.P. Putnam's Sons, 1924.

A autora: Safo (c. 610-570 a.C.), poeta grega, nasceu na ilha de Lesbos. Muito conhecida e admirada na antiguidade, pouco se sabe sobre sua vida no presente. Desconhece-se como seus poemas foram publicados à época e nos quatro séculos seguintes à sua morte. Na era da erudição alexandrina (séculos III e II a.C.), seus poemas, que já se encontravam em fragmento, foram coletados e publicados em uma edição de lírica grega, que não durou até o início da Idade Média. Até o século IX, Safo era apenas lembrada em citações, mas a partir do XX esses fragmentos ampliaram com a descoberta de novos papiros. Até hoje, apenas sua “Ode a Afrodite” segue completa.

O tradutor: Joaquim Brasil Fontes Júnior (1939-2019), filósofo, professor e escritor, nasceu em Formiga, Minas Gerais. Exímio tradutor e estudioso de Safo, conquistou o terceiro lugar na premiação do Jabuti de 1992, na categoria Ensaio, pela obra Eros, tecelão de Mitos; figurou entre os dez escolhidos do Jabuti de 2004, na categoria Tradução, com Safo de Lesbos – Poemas e Fragmentos; e recebeu o Jabuti de 2008 por sua tradução de Hipólito e Fedra.



☞ SAFO. Líricas | Λυρικὰ. Trad. Joaquim Brasil Fontes.
(n.t.), n. 15, vol. especial, 2020, pp. 404-421.


© (n.t.) Revista Nota do Tradutor
ISSN 2177-5141