PRÉVIA (n.t.) 1º

Quinze poetas catalães | Quinze poetes catalans
Antologia poética

O texto: Em fevereiro de 1949, o poeta João Cabral de Melo Neto apresentou nas páginas da Revista brasileira de poesia, publicada pelo Clube de Poesia de São Paulo, uma breve antologia traduzida de “Quinze poetas catalães” da 1ª metade do século XX. A descoberta da literatura catalã pelo autor de Morte e Vida Severina foi fruto de seu período barcelonês, durante a década de 1940, quando fora diplomata na Catalunha. Ao caracterizar e definir a posição dos poetas selecionados para sua antologia como “uma posição de defesa da língua catalã”, já que à época, durante a ditadura franquista, o uso do idioma fora banido do território espanhol, assim como o basco e o galego, o escritor não só ansiava estreitar os laços entre o Brasil e a Catalunha - como atestam algumas de suas cartas a Bandeira, Drummond e Lispector - mas também se mostrava preocupado em preservar e resgatar a língua catalã e promover sua literatura dentro da literatura de seu país, fato que explica a tradução ter sido publicada ao lado do original em catalão. Após seis décadas, republicamos a seguinte tradução em homenagem à sua memória, seja enquanto texto literário seja enquanto registro de tradução.
Texto de referência: “Quinze poetas catalães”. In. Revista brasileira de poesia, fevereiro de 1949, pp. 29-43.

Os autores: Mariano Manent, Joan Oliver, Tomás Garcés, Rosa Leveroni, B. Rosselló-Pòrcel, Joan Teixidor, Salvador Espriu, Joan Vinyoli, Josep Romeu, Josep Palau, Joan Barat, Joan Perucho, Joan Triadú, Jordi Sarsanedas e Jordi Cots.

O tradutor: João Cabral de Melo Neto nasceu em Recife, em 1920, e faleceu no Rio de Janeiro, em 1999. Poeta e escritor, autor, entre outros livros, de O cão sem plumas (1950) e de Morte e vida Severina (1956), considerada a sua obra mais célebre, em 1945 ingressou na carreira diplomática, tendo atuado numa série de cidades europeias, entre as quais, Barcelona.



☞ A/V. Quinze poetas catalães | Quinze poetes catalans.
Trad. João Cabral de Melo Neto. (n.t.), n. 1, v. 1, set. 2010, pp. 237-267.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141