PRÉVIA (n.t.) 8º

Os Auspícios | Οἰωνοϲκοπικά
Posidipo de Pela

O texto: Seleta de 14 epigramas, inéditos em língua portuguesa, constantes no Papiro de Milão (P. Mil. Vogl. VIII. 309). Esse papiro foi recuperado e publicado periodicamente desde 2001, após servir como ornamento de uma múmia egípcia, datada do século II a.C. Os epigramas selecionados fazem parte de uma seção temática intitulada Os auspícios ou Os augúrios, atribuída ao poeta Posidipo de Pela.
Texto traduzido: Posidippus’ Milan Papyrus poetry book: a text in progress. Edited and periodically updatet by Francesco Angiò, Martine Cuypers, Beijamin Acosta-Hughes e Elizabeth Kosmetatou. Version 12.1. Harvard, The Center of Hellenic Studies, 2011.

O autor: Posidipo (310-240 a.C.) foi um poeta epigramista grego. Nasceu em Pella, capital do antigo reino da Macedônia. Viveu na cidade de Samos, antes de se mudar para a corte do rei Ptolomeu I e, posteriormente, para a corte do rei Ptolomeu II Filadelfo, em Alexandria, Egito. São atribuídos a Posidipo aproximadamente 120 epigramas, divididos em nove seções temáticas distintas, além de outros 23 poemas antes incluídos na Antologia grega.

O tradutor: Eduardo de Almeida Rufino atualmente é graduando do curso de letras clássicas (licenciatura em grego e latim) pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB).



☞ POSIDIPO (de Pela). Os Auspícios | Οἰωνοϲκοπικά.
Trad. Eduardo de Almeida Rufino. (n.t.), n. 8, v. 1, mar. 2014, pp. 143-173.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141