PRÉVIA (n.t.) 3º

Primeiramente | Premièrement
Paul Éluard

O texto: Os dez poemas aqui traduzidos fazem parte da seção de abertura do livro L’amour la poésie, de Paul Éluard. Intitulada Premièrement, é composta de 29 poemas breves, de acentuado lirismo. Publicado em 1929, três anos após Capitale de la douleur, seu livro mais conhecido, marcam o auge do engajamento surrealista da lírica de Éluard.
Texto traduzido: Éluard, Paul. Capitale de la douleur suivi de L’amour la poésie. France: Gallimard, 2008.

O autor: Paul Éluard, nome literário de Eugène-Émile-Paul Grindel, nasceu na França em 14 de dezembro de 1895. Tendo começado a escrever desde muito cedo, participou do movimento Dadaísta e foi um dos fundadores do Surrealismo, ao lado de André Breton e Louis Aragon. Posteriormente, filiou-se ao Partido Comunista francês, dando um caráter mais combativo e político à sua poesia. Morreu em 1952, aos 56 anos, reconhecido como um dos maiores poetas franceses do século XX e deixando uma extensa obra poética.

O tradutor: Márcio Simões (Brasil, 1979), tradutor, revisor e poeta, vive em Natal/RN. Autor de O Pastoreio do Boi (XII poemas sobre uma parábola Zen, 2008) e Os Dias de Pólen (poemas, 2001-2009), inédito. Traduziu Gregory Corso – Antologia Poética, a sair pelas Edições Nephelibata. É um dos editores de Agulha – Revista de Cultura e integrante do grupo Sol Negro, sediado em Natal.



☞ ÉLUARD, Paul. Primeiramente | Premièrement.
Trad. Márcio Simões. (n.t.), n. 3, v. 2, set. 2011, pp. 75-95.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141