PRÉVIA (n.t.) 1º

O mensageiro | El mensajero
José Antonio Ramos Sucre

O texto: Seleção de cinco poemas em prosa: “O mensageiro” pertence ao livro La torre de timón (1925). “Os elementos” ao livro El cielo de esmalte (1929). “O talismã”, “O risco” e “A casta dos centau-ros” pertencem ao livro Las formas del fuego (1929).
Texto traduzido: Sucre, José A.R. Obra Completa. Caracas: Fundación Biblioteca Ayacucho, 1980.

O autor: José Antonio Ramos Sucre (Venezuela, 1890-1930) é um dos nomes fundamentais da lírica hispano-americana, autor de uma obra singular por estar inteiramente composta por prosa poética, gênero do qual é um dos máximos cultores em toda a extensão do idioma.

O tradutor: Floriano Martins (Brasil, 1957). Poeta, ensaísta, tradutor e editor. Dirige o Projeto Editorial Banda Hispânica, dentro do qual se encontra a revista Agulha Hispânica. Tradutor de Federico García Lorca, Guillermo Cabrera Infante, Carlos Pellicer, Pablo Antonio Cuadra, e reconhecido estudioso da tradição lírica hispano-americana.



☞ SUCRE, José Antonio Ramos. O mensageiro | El mensajero.
Trad. Floriano Martins. (n.t.), n. 1, v. 1, set. 2010, pp. 175-185.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141