PRÉVIA (n.t.) 17º

Maldição! Um livro de calúnias | Damn! A Book of Calumny
Henry Louis Mencken

O texto: Publicada em 1918, Maldição! Um livro de calúnias é uma das obras mais curtas de Henry Louis Mencken. São 49 capítulos, cada qual um pequeno ensaio, articulados em uma unidade que, antes de ser temática, é mais estilística e temperamental. Qualquer que seja o assunto tratado, o autor deixa vestígios de seus traços mais característicos: a prosa hiperbólica e explosiva; o humor sarcástico, que não recua diante das maiores temeridades; e o cinismo corrosivo, de vez em quando transfigurado em uma melancolia serena. Esta seleção apresenta 12 capítulos, uma pequena amostra dessa variedade.
Texto traduzido: Mencken, H. L. Damn! A Book of Calumny. New York: Philip Goodman Company, 1918.

O autor: Henry Louis Mencken (1880-1956) foi um jornalista, satirista e crítico cultural americano, um dos mais influentes de sua época. Conhecido como o “Sábio de Baltimore”, cidade onde nasceu e iniciou sua carreira no jornalismo, foi influenciado pela filosofia de Nietzsche, pela ciência de Huxley e Darwin e pela literatura de Twain e Ambrose Bierce. Ao longo de sua vida, escreveu uma dezena de livros e manifestou muitas opiniões controversas, movido não por uma pretensa postura ideológica ou doutrinária, mas pela compulsão de registrar suas impressões mais autênticas.

O tradutor: Demian Gonçalves Silva é bacharel em Ciências Sociais e mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Goiás. É servidor público do Estado do Rio de Janeiro e traduz textos ensaísticos para o blog: 60traducoes.blogspot.com.br.



☞ MENCKEN, Henry Louis. Maldição! Um livro de calúnias | Damn! A Book of Calumny.
Trad. Demian Gonçalves Silva. (n.t.), n. 17, v. 2, dez. 2018, pp. 106-134.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141