PRÉVIA (n.t.) 1º

Mais uma lembrança | Jeszcze jedno wspomnienie
Halina Poświatowska

O texto: A seleção compreende composições de quatro coletâneas de Halina Poświatowska, além de um poema publicado postumamente. Sua poesia, uma espécie de “diário lírico” de sua existência, contrasta um ávido desejo de viver e de amar com um pressentimento da inevitabilidade da morte. Obras selecionadas: Hymn Bałwochwałczy (Hino idolátrico), 1958; Dzień dzisiejszy (O dia de hoje), 1963; Oda do rąk (Ode para as mãos), 1966, e Jeszcze jedno wspomnienie (Mais uma lembrança), 1968.
Texto traduzido: Poświatowska, Halina. Właśnie kocham/Indeed I love. Translated by Maya Peretz. Kraków: Wydawnictwo Literackie, 1997.

A autora: Halina Poświatowska (1935, Częstochowa – 1967, Cracóvia) foi uma poeta polonesa da assim chamada “Geração 56”. Rejeitando as prescrições temáticas e formais do socrealismo, que após a morte de Stalin em 1953 parou de ser a única poética válida na Polônia, os jovens autores da “Geração 56” celebravam em suas obras a subjetividade, até então não desejada na literatura. Poświatowska estreou como poeta em 1956 com publicações em jornais e com a coletânea lírica Hymn bałwochwalczy (Hino idolátrico); é ainda autora de mais três coletâneas de poemas, além de uma narrativa autobiográfica. A sua vida foi marcada por uma doença de coração grave, que a forçou a frequentes estadias em hospitais. Poświatowska morreu em 1967, após uma operação cardiológica.

A tradutora: Magdalena Nowinska, tradutora, doutoranda na USP (Estudos de Tradução, área de alemão). Mestrado em história pela Universidade de Kiel, Alemanha. Nasceu na Polônia, cresceu na Alemanha, mora no Brasil.



☞ POŚWIATOWSKA, Halina. Mais uma lembrança | Jeszcze jedno wspomnienie.
Trad. Magdalena Nowinska. (n.t.), n. 1, v. 1, set. 2010, pp. 58-80.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141