PRÉVIA (n.t.) 17º

Duas diatribes | Deux diatribes
E.M. Cioran

O texto: Dois ensaios complementares de Cioran, “Portrait du civilisé”, extraído de La chute dans le temps (1964), e “Les nouveaux dieux”, de Le mauvais démiurge (1969), em que o pensador demonstra sua veia ensaística e vigorosa prosa literário-filosófica. Trata-se de duas diatribes, dois ensaios tenazes a meio caminho entre as filosofias helenísticas e a heresia gnóstica, contra a civilização ocidental e a religião sobre a qual se edifica.
Textos traduzidos: Cioran, E.M. “Portrait du civilisé”. La chute dans le temps (1964). In. Œuvres. Paris: Gallimard, 1995, pp. 1084-1095; “Les nouveaux dieux”. Le mauvais démiurge (1969). In. Œuvres. Paris: Gallimard, 1995, pp. 1179-1191.

O autor: E.M. Cioran (1911-1995), escritor e filósofo franco-romeno, mestre do aforismo em língua francesa, pensador marginal por opção, é um emblemático caso de bilinguismo, tendo escrito diversos livros em seu idioma materno antes de adotar o francês como língua de expressão. Sua obra é marcada pelo contraste entre um pessimismo inconsolável e a leveza irreverente do estilo.

O tradutor: Rodrigo Menezes é Doutor em Filosofia pela PUC-SP, blogueiro, tradutor e estudioso da obra de Cioran, tendo escrito vários artigos sobre o pensador. Para a (n.t.) já traduziu Cioran e Héctor Escobar Gutiérrez.



☞ CIORAN, E.M. Duas diatribes | Deux diatribes.
Trad. Rodrigo Menezes. (n.t.), n. 17, v. 2, dez. 2018, pp. 192-240.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141