PRÉVIA (n.t.) 6º

A filosofia da composição | The philosophy of composition
Edgar Allan Poe

O texto: Como escritor que tentava sobreviver apenas com os rendimentos obtidos de seu ofício, Poe não restringiu sua produção apenas à poesia e à ficção, mas também à crítica literária e a dar conferências. O ensaio A filosofia da composição foi publicado no Volume XXVIII, nº 4, do Graham’s Magazine, de abril de 1846, uma publicação periódica de Philadelphia, Pennsilvania. Apesar de ser colocado, na história da literatura americana, como um representante do Romantismo, Poe demonstra no texto uma visão bem mais avançada da prática literária, recusando a ideia de inspiração transcendental, de “gênio”, e ressaltando o fazer literário como técnica e reflexão.
Texto traduzido: Poe, Edgar Allan. The philosophy of composition. In: Select writings. Harmondsworth: Penguin Books, 1967.

O autor: Edgar Allan Poe nasceu em Boston, em 19 de janeiro de 1809, filho de um casal de artistas teatrais, David Poe Jr. e a inglesa Elizabeth Hopkins Poe. Seu pai abandonou a família em 1910 e sua mãe morreu no ano seguinte, de tuberculose. O menino foi adotado por John Allan, um rico comerciante de Richmond, Virgínia, de quem tomou seu nome do meio. Poe recebe uma boa educação e ingressa na Universidade da Virgínia em 1826. No ano seguinte, deixa a universidade e se indispõe com o pai adotivo, por causa de dívidas de jogo. Muda-se para Boston, depois Nova York, e tenta ganhar a vida apenas como escritor, o que não era comum na época. Daí em diante sua vida é atribulada, incluindo uma tentativa de carreira militar e o casamento com Virginia Clemm, uma prima adolescente, que morre poucos anos depois. Apesar da pobreza, da tragédia e do alcoolismo que o perseguem, ele renova a poesia americana, escreve contos fantásticos de sucesso, cria o gênero da novela policial e ainda escreve crítica e teoria literária. Morre em Baltimore, doente e miserável, em 1849.

O tradutor: João Daltro é carioca radicado em Florianópolis e bacharel em Artes Visuais pela UDESC, mestrando em Artes Visuais pela mesma instituição e bacharelando em Língua e Literatura Francesas pela UFSC. Trabalha como tradutor independente de textos acadêmicos das áreas de história e teoria da arte e da literatura. Desde o ano passado dedica-se também à tradução de textos literários, tendo publicado a tradução de Histórias que Toto me contou, de Frederick William Rolfe, pela editora Brava (2012).



☞ POE, Edgar Allan. A filosofia da composição | The philosophy of composition.
Trad. João Daltro. (n.t.), n. 6, v. 1, mar. 2013, pp. 157-180.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141