PRÉVIA (n.t.) 11º

Dinastia Tang | 唐朝
Antologia poética

O texto: A Dinastia Tang (618-915) é considerada o auge da cultura clássica chinesa. Foram cerca 300 anos de uma sociedade caracterizada por uma vida urbana intelectual e esteticamente sofisticada. A popular antologia Poemas completos da Dinastia Tang, compilada no século XVII (Dinastia Qing), por ordem imperial, contém cerca de 50 mil poemas, escritos por 2.200 autores, dos quais 190 eram mulheres. Dentre os nomes mais notáveis desse período, encontram-se Li Bai, Wang Wei, Meng Haoran, Bai Ju-yi, Wen Tingyun, Liu Yuxi e Du Mu.
Edição de referência: Antologia da poesia clássica chinesa (Dinastia Tang). Trad. de Ricardo Primo Portugal e Tan Xiao. São Paulo: UNESP, 2013.

A seleção: Li Bai (701-762), considerado o maior poeta da Dinastia Tang, conhecido pelo pensamento taoista de sua poesia; Wang Wei (701-761), poeta e pintor de renome, conhecido como o “poeta de Buda”; Meng Haoran (689/691-740), um dos primeiros poetas da dinastia, cuja poesia volta-se aos detalhes da vida humana cotidiana; Bai Juyi (772-846), dono de uma poesia mais simples, inspirada em canções populares e por valores taoistas e budistas; Wen Tingyun (812-870), precursor do estilo ci, espécie de canção-verso que dominou a poesia chinesa durante as dinastia Tang e Song; Liu Yuxi (772-842), poeta e filósofo, conhecido pelo estilo popular de suas poesias; e Du Mu (803-852), poeta inspirado pelas cortesãs e que se servia da história para falar de sua época.

Os tradutores: Ricardo Primo Portugal é escritor e diplomata, graduado em Letras pela UFRGS. É autor dos livros A face de muitos rostos (2015); Dois outonos – haicais (2012); Zero a sem – haicais (2011); DePassagens (2004), dentre outros. Coorganizador da Antologia poética de Mário Quintana (2007); cotradutor e organizador da Poesia completa de Yu Xuanji (2011) e da Antologia da poesia clássica chinesa - Dinastia Tang (2013, vencedor do 56º Prêmio Jabuti, 2º lugar), em parceria com Tan Xiao.
Tan Xiao é professora de chinês da Universidade Católica do Equador. Graduada em Letras pela Universidade Zhong Nan, Changsha, Hunan, República Popular da China. Estudou português na UnB. Foi intérprete e tradutora português-chinês da Embaixada do Brasil em Pequim. Mestre em linguística pela Universidade de Línguas Estrangeiras de Guangdong.
Para a (n.t.), traduziram Poemas Celestiais, seleção com Li Bai, Wang Wei e Yu Xuanji, e Sentimentos de Primavera, de Yu Xuanji.



☞ A/V. Dinastia Tang | 唐朝. Trad. Ricardo Primo Portugal e Tan Xiao.
(n.t.), n. 11, v. 2, dez. 2015, pp. 348-370.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141