PRÉVIA (n.t.) 12º

Morte D’Arthur | Morte D’Arthur
Alfred Tennyson

O texto: O poema Morte D’Arthur (1842), de Alfred Tennyson, foi incorporado ao livro Idylls of the King (1859-1885). Dos poemas arturianos, seguindo The Lady of Shallot, Le Morte D’Arthur é o primeiro baseado na obra de Malory. Influenciado pela morte de Arthur Hallam, idealiza o amigo na figura do Rei Arthur, e trata da perda em poemas como Ulysses, Tithonus e In Memoriam A.H.H.
Texto traduzido: English Poetry III: From Tennyson to Whitman. Vol. XLII. The Harvard Classics. New York: P.F. Collier & Son, 1909-14.

O autor: Alfred Tennyson (1809-1892) foi poeta laureado da Grã-Bretanha e Irlanda durante a maior parte do reinado da Rainha Vitória, sucedendo Wordsworth. Sua poética trata de ampla gama de temas: políticos e históricos, assuntos científicos, mitológicos, e profundos sentimentos pessoais, sendo voz fundamental da consciência nacional da sociedade vitoriana, contribuindo para a poesia inglesa do século XIX.

O tradutor: Rubens Canarim é poeta e tradutor. Atualmente, trabalha com a tradução de uma antologia de Alfred Tennyson (Ed. Tipografia Musical), Sir Thomas Malory e outros ingleses. Escreve também seu primeiro livro de poemas, Prelúdio.



☞ TENNYSON, Alfred. Morte D’Arthur | Morte D’Arthur.
Trad. Rubens Canarim. (n.t.), n. 12, v. 1, jun. 2016, pp. 82-100.


© (n.t.) Revista Literária em Tradução
ISSN 2177-5141